segunda-feira, 28 de junho de 2010

Resumo da sessão (27/06/2010): "Prelúdio"

Devido a uma intempérie do clima, todos os viajantes tiveram que buscar abrigo numa estalagem a beira da estrada que seguia para Thermum. Já dentro do estabelecimento, um curioso grupo de aventureiros é formado pela oferta de trabalho de um velho burguês da grande cidade de Threves. Faeris, como se apresenta, oferece uma farta quantia em moedas de ouro pela escolta até uma cidadela além do estreito de Thermum, um dos locais mais perigosos para se passar sem um bom motivo, e até com um ótimo motivo.

O grupo reluta na sua própria formação. Com dois elfos, um orc e um humano, era de se esperar tal fato. Diferenças a parte, o grupo segue viagem após o fim da nevasca.

Enfrentando cinco dias de frio e escuridão, os novos companheiros vencem a distância e atravessam o estreito de Thermum ilesos, bem como seu contratante. A viagem pode até ser considerada como tranquila, salvo por um estranho encontro com uma patrulha de cavaleiros do império de Rodradine.

Após identificar a taverna dos Sonhos ou Pesadelos, o velho Faeris adentra o estabelecimento escoltado pelos aventureiros. Depois de acomodarem-se, o grupo questiona o contratante pelo paradeiro de seu filho. Tarc, o único humano do grupo, se candidata para obter informações com o taverneiro sobre o bardo que se apresentaria sob o nome de Akar.

A informação é passada ao velho Faeris, que imediatamente vai ter com seu filho. Ao chegar no local, pede a Tarc que o deixe a sós, e entrega a recompensa conforme prometido.

Algum tempo depois, sem notícias de Faeris ou de seu filho, o grupo é surpreendido por um griyo de socorro oriundo do mesmo quarto onde Tarc deixara Faeris a sós. Akar, suposto filho de Faeris está morto no chão do quarto, com um golpe de punhal.

O grupo se apresenta no quarto e imediatamente depois o responsável do estabelecimento, acompanhado pelo responsável da guarda da região, adentram também. Tarc é acusado pelo taverneiro, por ter solicitado informações sobre Akar, e por ter sido revistado e nele encontrado documento correspondente a pagamento pelo "serviço feito na Sonhos ou Pesadelos".

Em situação delicada o grupo é convidado pela autoridade presente a comparecer em julgamento na cidade de Liashvor.

6 comentários:

Suguri disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Suguri disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Suguri disse...

Hm... n foram 9 dias de viagem? sendo q mais ou menos a metade do caminho foi o encontro com os soldados de rodradine?

dm.Black disse...

Não, foram 5 dias, sendo que no quarto dia houve o encontro.

Gabriel Miranda disse...

quando será a próxima sessão?

dm.Black disse...

Pensei nesse final de semana. Amanhã eu aviso qualquer coisa!